Links de Acesso

Presidente angolano ausente há mais de cinco semanas

  • Coque Mukuta

Onde está?

Onde está?

Dos Santos partiu para Barcelona a 26 de Junho. Há crescente preocupação e especulação sobre o silêncio das autoridades

A prolongada ausência do país do presidente angolano José Eduardo dos Santos, está a causar preocupação entre os círculos políticos angolanos.




Essa preocupação é aprofundada pelo facto de se manter um silêncio total ao mais alto nível sobre a viagem do presidente e o porquê da sua prolongada ausência.

Isto tem levantado especulações sobre o estado de saúde do Presidente Eduardo dos Santos.

Raul Danda, chefe da bancada parlamentar da UNITA diz que há grande preocupação sobre o estado de saúde do presidente.

“Sabemos que o presidente foi a Espanha para ir se tratar, desejamos rápidas melhoras, mas depois não sabemos mais nada, porque o país não tem cultura de explicar ás pessoas o que se passa com o senhor presidente,” disse Danda.

A Voz da América tentou o contacto com entidades do MPLA e do Executivo angolano que nos remeteram ao gabinete presidencial.

Da Presidência da República tentámos o contacto com várias figuras mas também não tivemos sucesso.

Nesta altura ninguém se dispõem a dizer quando é que o presidente regressa ao país.

Lindo Bernardo Tito deputado da CASA-CE, entende que devia haver alguma comunicação por parte do gabinete de apoio da presidência da República sobre o que se passa com José Eduardo dos Santos.

“Eu acho que deviam já ter feito uma comunicação para dizer de facto o que é que se passa com o presidente,” disse o político da CASA-CE.

José Eduardo dos Santos deixou Angola a 26 de Junho. Na altura um anúncio oficial descreveu a visita a Barcelona na Espanha como visita privada mas não foram dados outros pormenores.

José Eduardo dos Santos embarcou para Barcelona na Base Aérea Militar e segundo uma fonte da secreta militar a comitiva de Eduardo dos Santos constava a esposa, Ana Paula dos Santos e mais três filhos.

Segundo ainda a mesma fonte a segurança de Dos Santos é coordenada pelo general Leopoldino Fragoso do Nascimento mais conhecido “Dino” acompanhado do director adjunto da segurança pessoal de José Eduardo dos Santos assim como o chefe do protocolo presidência.

Notícias publicadas no estrangeiro afirmaram que dos Santos ter-se-ia deslocado a Barcelona para efectuar testes médicos e que durante a sua ausência também esteve fora desta cidade por cerca de uma semana.

Essas noticias publicaram mesmo a clínica onde o presidente teria efectuado testes. Não há contudo qualquer confirmação independente destas notícias.
O deputado da UNITA Raul Danda afirma que o silêncio agrava as preocupações.
“O mais grave é que ninguém diz nada” lamentou Danda.

Raul Danda disse ainda ainda que já era tempo do Vice-presidente Manuel Vicente ter justificado a ausência de Dos Santos hà mais de 40 dias.

“O vice-presidente tinha que dizer o que está a se passar na verdade,”disse.

Notícias publicadas recentemente disseram que o General Bento dos Santos Kangamba se tinha avistado com dos Santos em Barcelona há poucas semanas atrás.

O encontro deu-se depois de terem sido publicadas noticias que as autoridades francesas tinham confiscado milhõe de dólares que eriam como destinatário o general que estaria no Mónaco.

O general depois de negar ter estado no Mónaco, confirmou ele próprio numa entrevista dada a um jornal angolano que tinha estado em Barcelona mas não referiu qualquer encontro com o presidente.

A fonte da Voz da América disse que Bento Kangamba é o elemento que tem tido contactos directos com o presidente durante a sua ausência.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG