Links de Acesso

Presidenciais brasileiras: Corrupção domina último debate televisivo

  • Maria Cláudia Santos

Os temas economia, inflação, emprego, saúde, educação e programas sociais foram muitos presentes na discussão, mas o assunto mais eletrizante foi a corrupção.

Um debate televisivo menos agressivo e mais uma vez marcado pela temática corrupção encerrou os embates entre os dois candidatos, Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB), que disputam a presidência do Brasil, neste domingo, 26.

Desta vez, os dois presidenciáveis trocaram menos acusações usando palavras duras como "mentirosa" e "leviana", tom dos debates anteriores muito desaprovado pelo brasileiro, como mostraram pesquisas.

Enquetes em portais de notícia apontam que, para o telespectador, o candidato Aécio Neves teve melhor desempenho na Rede Globo, nesta sexta-feira.

Os temas economia, inflação, emprego, saúde, educação e programas sociais foram muitos presentes na discussão, mas o assunto mais eletrizante foi a corrupção. Enquanto a presidente, que disputa a reeleição, criticou as gestões anteriores do partido de Aécio Neves, o candidato usou o tema para atingir a adversária.

Aécio iniciou o debate questionando a presidente sobre as denúncias de desvio de verba da estatal Petrobrás, publicadas pela Revista Veja quase no dia da votação.

"A Revista publica que um dos delatores do "Petrolão" disse que a senhora e o ex-presidente Lula tinham conhecimento da corrupção na Petrobrás. Eu dou a oportunidade agora para a senhora responder os brasileiros, a senhora sabia candidata?, " questionou Aécio. Na resposta, Dilma acusou a "Veja" de fazer "oposição sistemática" a ela e ao PT. "A Revista Veja não apresenta nenhuma prova do que faz. Essa Revista tem um hábito de nos finais das campanhas tentar dar um golpe eleitoral. Eu irei à justiça para defender-me. Ao mesmo tempo tenho certeza de que o povo vai mostrar a sua indignação no domingo".

De acordo com pesquisas de intenções de votos dos maiores institutos brasileiros, Ibope e Datafolha, Dilma está à frente da disputa. Já institutos menores, apontam que Aécio está em vantagem.

Mais de 140 milhões de brasileiros devem ir às urnas na segunda volta das eleições presidenciais. Os resultados serão conhecidos na noite deste domingo,26.

XS
SM
MD
LG