Links de Acesso

PR da Guiné-Bissau promete falar em breve ao país


José Mário Vaz

José Mário Vaz

José Mário Vaz não cumprimentou o presidente do Parlamento nem o primeiro-ministro que o aguardaram no aeroporto à chegada a Bissau.

O Presidente da Guiné-Bissau prometeu falar em breve ao país, sem dar qualquer detalhe sobre a sua posição acerca da crise políica actual.

A promessa foi feita por José Mário Vaz à chegada ao aeroporto neste domingo, 9, depois de dois dias em Dakar, onde se encontrou com os seus homólogos do Senegal Macky Sall e da Guiné-Conacri Alpha Condé, mandatados pela Cedeao.

Os presidentes dos dois países vizinhos da Guiné-Bissau chamaram Vaz para o convencer a não derrubar o Governo.

Entretanto, ao chegar à capital do seu país, José Mário Vaz não cumprimentou nem o presidente do Parlamento Cipriano Cassamá, nem o primeiro-ministro Domingos Simões Pereira, que o aguardavam no aeroporto.

No trajecto à casa, o Presidente foi saudado por dezenas de pessoas, muitas delas usando camisolas da campanha de Vaz, que gritavam o seu nome.

Ao chegar ao Palácio da República, em Bissau, o Presidente entrou pelas traseiras e foi à varanda, de onde acenou para membros do Movimento Nacional da Sociedade Civil, que desde sexta-feira à noite têm feito uma vigília de apoio ao Governo.

Depois de, na sexta-feira, 7, o Parlamento ter aprovado uma moção de confiança ao Governo e de o primeiro-ministro ter dito, num discurso à Nação, que o Presidente quer criar instabilidade e que vai recorrer a todos os mecanismos legais para defender o seu Executivo, resta agora esperar pela comunicação de José Mário Vaz.

XS
SM
MD
LG