Links de Acesso

Poucas vagas e muitos candidatos ao ensino superior em Malanje

  • Isaías Soares

 Instituto Superior Politécnico de Malanje

Instituto Superior Politécnico de Malanje

Cresce a correria de milhares de jovens em Malanje às quatro instituições do ensino superior na província, mas a maioria está impossibilitada de ingressar no ano académico 2016.

Estão disponíveis apenas 365 vagas para o ingresso na Faculdade de Medicina, Escola Superior Politécnica e nos institutos superiores Politécnico e Agro-alimentar.

Maluca Paciência, de 18 anos de idade, terminou no ano lectivo findo o curso de produção vegetal no Instituto Médio Agrário Alimentar local, efectuou já a sua inscrição de acesso ao exame de aptidão e está conformado com o número reduzido de lugares no Instituto Superior Agro-alimentar.

“Sei que existem 60 vagas, por isso, vim fazer a inscrição, estou convicto de que vou conseguir, senão entrar também não tenho alternativa, só para o próximo ano”, disse.

A Faculdade de Medicina de Malanje tem disponíveis apenas 60 vagas para um universo de milhares de candidatos.

Pedro dos Santos Joveth tem 20 anos de idade e pediu a intervenção do Governo central para a criação de mais espaços para a expansão do ensino superior nesta região de Angola.

“O Governo deve abrir mais vagas nas instituições, somos muito e temos que representar a Nação e têm que ver esse problema”, sublinhou.

O processo de inscrição na Escola Superior Politécnica de Malanje não satisfaz a expectativa de alguns candidatos, como é o caso de Celma da Conceição Alberto de Almeida, para quem "está tudo muito desorganizado e o atendimento é muito lento".

Oitenta vagas estão concebidas para os cursos de enfermagem e farmácia no Instituto Superior Politécnico.

“Neste ano há muita adesão de estudantes que vão concorrer para as 40 vagas para o curso de enfermagem e 40 vagas para o curso de farmácia”, confirmou, Joaquim Fito.

Em Malanje estão igualmente abertas as inscrições para o curso de direito da Faculdade de Direito da Universidade Lueji A´Nkonde, na cidade do Dundo, província da Lunda Norte.

XS
SM
MD
LG