Links de Acesso

Tribunal da Polónia rejeita pedido de extradição de Polanski aos EUA


Roman Polanski

Um tribunal polaco rejeitou, hoje, 30, um pedido dos Estados Unidos para extraditar o cineasta Roman Polanski em função de uma condenação num caso de abuso sexual infantil de 1977.

“A extradição (de Roman Polanski) é inadmissível”, declarou o juiz Dariusz Mazur no tribunal distrital da cidade de Cracóvia, no sul da Polónia, citado pela Reuters.

Polanski é acusado, nos Estados Unidos, de ter violentado Samatha Geimer, na altura adolescente de 13 anos, em 1977.

O realizador de “O pianista” e “Chinatown” declarou-se culpado de assédio sexual contra a menor, e fugiu dos Estados Unidos por medo de uma pena dura.

A extradição foi solicitada pelos Estados Unidos em janeiro deste ano. Geimer mais do que uma vez ter perdoado Polanski, hoje com 82 anos de idade.

XS
SM
MD
LG