Links de Acesso

Polícias em greve em São Tomé e Príncipe

  • Óscar Medeiros

Agentes em protesto

Governo reúne-se com polícias mas não há "luz verde"

Agentes do maior comando policial de São Tomé e Príncipe paralisaram nesta segunda-feira, 3, as suas actividades e protestaram contra a falta de condições de trabalho e baixos salários.

O Governo está reunido com as altas patentes da Polícia Nacional para tentar solucionar as reivindicações dos agentes.

O protesto dos agentes do comando distrital de Água Grande acontece no dia em que a greve dos funcionários judiciais e do Ministério Público completou 27 dias.

Os polícias exigem melhores condições de trabalho e dos salários.

Desde o início da tarde, o ministro da Defesa e Administração Interna, Arlindo Ramos, está reunido com as altas patentes da Polícia Nacional para tentar encontrar uma solução para as reivindicações dos agentes.

A VOA apurou que os polícias estão também indignados com os últimos incidentes entre elementos da PSP e de outras forças, Militares e paramilitares.

Fórum Facebook

XS
SM
MD
LG