Links de Acesso

Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestação da UNITA

  • Manuel José

Policia dispersa manifestação da Unita em Luanda

Policia dispersa manifestação da Unita em Luanda

A Polícia de Intervenção Rápida de Angola impediu a realização da manifestação da UNITA que pretendia protestar com a morte dos activistas Isaías Cassule e Alves Kamulingue alegadamente pela segurança do Estado.

Desde as 9 horas, os elementos daquela polícia evitaram qualquer agrupamento e sempre que um grupo, por menor que fosse, se juntava, disparavam gás lacrimongéneo.

Os manifestantes concentram-se frente ao cemitério de Santa Ana, mas o cordão da polícia não so deixava avançar.

Até o presidente da UNITA Isaías Samakuva foi atingido e teve de ir parar ao hospital para ser atendido.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG