Links de Acesso

Polícia reprime manifestantes e prende uma dezena de jovens em Luanda

  • Coque Mukuta

Foto de Arquivo

Advogado Francisco Miguel "Michel" denunciou como os "jovens foram brutalmente reprimidos no Largo Primeiro de Maio".

Poucas dezenas de jovens que tentavam manifestar-se hoje, dia 27 de Maio, no largo Primeiro de Maio, em Luanda, foram atacados pela polícia e pelo menos nove foram presos, entre eles Adolfo Campos, que terá ficado desmaiado depois de espancado pela polícia.

Os jovens pretendiam protestar contra os assassinatos políticos registados no país desde a independência.

Em conversa com a Voz da América, o advogado Francisco Miguel "Michel" diz ter presenciado tudo e diz que eram poucos jovens que apenas queriam manifestar-se "quando foram brutalmente reprimidos pela polícia".

"Michel" diz não entender o por quê dessa atitude do regime porque a manifestação "é um garantia constitucional" e os jovens "não estavam a fazer qualquer arruaça".

O advogado Francisco Miguel Michel diz não entender a acção das autoridades e considera que o regime pode estar a forjar uma fraude ou um outro 27 de Maio que ele recorda de ter vivido em 1977.

Recorde-se que Francisco Miguel "Michel" passou três anos na cadeia desterrado, que o levaram a escrever "Nuvem Negra", com relatos do que passou na prisão do Moxico por ser apoiante de Nito Alves.

A sua Opinião

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG