Links de Acesso

Polícia reprime manifestantes e prende uma dezena de jovens em Luanda

  • Coque Mukuta

Foto de Arquivo

Foto de Arquivo

Advogado Francisco Miguel "Michel" denunciou como os "jovens foram brutalmente reprimidos no Largo Primeiro de Maio".

Poucas dezenas de jovens que tentavam manifestar-se hoje, dia 27 de Maio, no largo Primeiro de Maio, em Luanda, foram atacados pela polícia e pelo menos nove foram presos, entre eles Adolfo Campos, que terá ficado desmaiado depois de espancado pela polícia.

Os jovens pretendiam protestar contra os assassinatos políticos registados no país desde a independência.

Em conversa com a Voz da América, o advogado Francisco Miguel "Michel" diz ter presenciado tudo e diz que eram poucos jovens que apenas queriam manifestar-se "quando foram brutalmente reprimidos pela polícia".

"Michel" diz não entender o por quê dessa atitude do regime porque a manifestação "é um garantia constitucional" e os jovens "não estavam a fazer qualquer arruaça".

O advogado Francisco Miguel Michel diz não entender a acção das autoridades e considera que o regime pode estar a forjar uma fraude ou um outro 27 de Maio que ele recorda de ter vivido em 1977.

Recorde-se que Francisco Miguel "Michel" passou três anos na cadeia desterrado, que o levaram a escrever "Nuvem Negra", com relatos do que passou na prisão do Moxico por ser apoiante de Nito Alves.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG