Links de Acesso

Autoridades no Sumbe dizem ter descoberto a razão de desmaios nas escolas

  • Fernando Caetano

 Alunos protestam na cidade do Uíge na sequência de desmaios e comichões nas escolas, Angola

Alunos protestam na cidade do Uíge na sequência de desmaios e comichões nas escolas, Angola

Uma aluna fez produtos à base de pó de giz escolar, sabão Omo, perfume e shelltox.

Produtos artesanais feitos à base de pó de giz escolar, sabão Omo, perfume e shelltox estão na base dos desmaios nas escolas do Sumbe e Porto-Amboim, revelou o oficial dos Serviços de investigação Criminal, Oliveira da Silva.

Silva afirmou que o produto foi encontrado com uma pessoa não identificada pelas autoridades que “disse que a ideia foi mesmo dela".

A mesma pessoa, explicou Silva, "desenvolveu essa ideia depois que uma das colegas em estado de gestação não se sentiu bem e decidiu criar esse produto para poder fortificar e criar o mal estar entre colegas na sala de aulas".

Através dos demais colegas, a informação foi sendo disseminada nas diferentes escolas das cidades do Sumbe e Porto-Amboim, onde de igual modo passaram a ministrar a o produto causando vários desmaios.

O produto confiscado foi enviado para o Laboratório de Criminalística em Luanda.

No Kwanza-Sul, mais de três mil alunas foram atendidas nos hospitais em consequência da inalação do referido produto dentro das salas de aulas.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG