Links de Acesso

Polícia impede confrontos entre militantes do MPLA e da Unita no Bié

  • Manuel José

Em aniversário de Jonas Savimbi, líder da Unita acusa MPLA de mentir sobre as manifestações.

A rápida intervenção da polícia angolana impediu que se registassem confrontos entre militantes do MPLA e da Unita no Kuito, província do Bié, onde o partido do galo negro assinalava o 81o. aniversário do fundador do partido, Jonas Savimbi.

O que devia ser uma festa começou com farpas entre militantes dos dois partidos, depois de adeptos do MPLA ter decidido passear pelo mesmo trajecto, onde inicialmente estava prevista a marcha dos militantes da Unita.

Mas graças à policia tudo ficou por insultos de parte a parte.

Contudo, os jornalistas da Rádio Despertar, RTP-Africa e para a Voz da América que se preparavam para a cobertura do evento foram expulsos do hotel onde se encontravam.

O proprietário do hotel disse que estava a cumprir ordens superiores.

Na sua intervenção, Isaías Samakuva disse que o Governo não consegue explicar para onde foi o dinheiro de vários fundos de reserva, nomeadamente do “Fundo do diferencial do preço do petróleo, do Fundo Soberano e do Fundo estratégico”.

“O nosso dinheiro, o dinheiro do povo está onde?”, interrogou o líder da Unita que classificou de “mentiras” as acusações de membros do governo que o seu partido estaria por detrás das manifestações de jovens do antudenominado chamado Movimento Revolucionário.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG