Links de Acesso

Polícia francesa mata responsáveis do atentado contra Charlie Hebdo

  • VOA Português

Imprensa francesa diz que sequestrador de mercado judeu também foi morto.

A polícia francesa abateu os dois responsáveis pelo assassinato de 12 trabalhadores do semanário Charlie Hebdo na passada quarta-feira há momentos. Os atiradores da polícia de elite mataram Cherif and Said Kouachi num edifício perto do aeroporto internacional Charles de Gaulle de Paris, depois de horas de negociações para a sua rendição.

Noutro lugar, também em Paris, a polícia matou outro homem, Amedy Coulabaly, de 32 anos, que invadiu um mercado judeu, feriu uma pessoa e manteve outras cinco como reféns nesta sexta-feira. As informações são da imprensa francesa.

Coulabaly, que era próximo dos irmãos Kouachi, é suspeito de ter assassinado ontem a tiro uma agente da polícia.

A polícia francesa confirmou a morte dos dois irmãos, mas não se pronunciou ainda sobre o sequestrador do mercado judeu.

A qualquer momento o presidente François Hollande ou o ministro do Interior deverá falar ao país.

Antes desses últimos desenvolvimentos, a VOA falou com o jornalista da PNN em Paris Rui Newman que começou por abordar a situação que se viveu no mercado judeu de Paris.

XS
SM
MD
LG