Links de Acesso

Polícia dispersa manifestação em Luanda

  • Coque Mukuta

Jovens exigindo o afastamento do presidente José Eduardo dos Santos desceram às ruas e foram detidos de imediato.

Luanda foi hoje, 22, palco de três manifestações.

Jovens exigindo o afastamento do presidente José Eudardo dos Santos desceram às ruas de Luanda e foram detidos de imediato.

Por seu lado, os professores do ensino básico e médio estiveram em massa numa contra-manifestação convocada pelo Governo até às 14 horas. A juventude do MPLA também saiu às ruas hoje em alusão à sua data que se assinala no dia 23 deste mês.

O ambiente na cidade de Luanda continua agitado. Muitos cidadãos não conseguiram sair das suas casas por estarem cercados pelos serviços de segurança.

Os organizadores da manifestação dos membros do Movimento Revolucionário Angolano, que exigem reformas na Presidência da República com a saída do Presidente angolano José Eduardo dos Santos, no poder há 35 anos, tentaram chegar até ao palácio presidencial na Cidade Alta onde foram de imediato detidos pela policia nacional.

Segundo disse à VOA Antonio Kissanda, um dos membros do Conselho Nacional dos Activistas de Angola, mais de 15 jovens teriam sido abandonados a cerca de 100 quilómetros fora de Luanda.

Entre os detidos estão Adolfo Campos e Raul Mandela.

Amanhã estão previstas uma manifestação de jovens e uma marcha do partido Casa-CE em Luanda.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG