Links de Acesso

Polícia detém dois activistas que colavam cartazes


Foto de arquivo

Foto de arquivo

Os cartazes convocam uma manifestação para 29 de Julho a pedir a libertação dos 15 membros do denominado Movimento Revolucionário.

A polícia angolana deteve no início da tarde desta segunda-feira, 20, no Cazenga, Luanda, dois activistas quando estavam a colar cartazes que convocam uma manifestação para pedir a libertação dos 15 jovens do denominado Movimento Revolucionário.

Adolfo Campos e outro activista mais conhecido por Alexandre estão nas instalações da polícia do Cazenga.

Depois de prestarem declarações à polícia, os jovens foram libertos.

Os dois detidos estavam a colar cartazes que convocam uma manifestação para o dia 29 em Luanda para pedir a libertação dos 15 activistas, presos a 20 de Junho e acusados de estarem a organizar um golpe de Estado por via da desobediência civil.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG