Links de Acesso

Polícia de São Tomé e Prínicpe desmantela célula de rede de tráfico humano

  • Óscar Medeiros

Foto de Arquivo

Foto de Arquivo

Vítima de 26 anos alertou famíliares que activaram as autoridades policiais.

A Polícia de Investigação Criminal(PIC) de São Tomé e Príncipe desmantelou a célula de uma rede de tráfico humano com ramificações em Libreville, no Gabão. Os traficantes foram detidos depois de uma vítima levada para Libreville ter alertado a família que recorreu à polícia.

A vítima de 26 anos de idade foi aliciada por um familiar com promessa de emprego e levada para o Gabão. No destino, a jovem foi recebida por uma outra pessoa e no mesmo dia apercebeu-se que tratava-se de uma rede de tráfico de seres humanos.

Dias depois, a vítima conseguiu entrar em contacto com familiares em São Tomé e Príncipe que levaram o caso ao conhecimento da PIC, que, por sua vez, contactou a polícia gabonesa e a Interpol.

Segundo Avelino Quaresma, Inspector da PIC, como resultado da acção policial concertada, quatro pessoas estão detidas em Libreville e em São Tomé e Príncipe.

Dos presumíveis traficantes uma é são-tomense, outra é cabo-verdiana e os restantes têm nacionalidade gabonesa.

A rede operava a partir de Libreville, mas com contactos em São Tomé e Príncipe, onde eram feitos contractos com promessa de trabalho no Gabão, país com uma comunidade são-Tomense de cerca de 10 mil pessoas.

A polícia acredita que o caso da jovem de 26 anos de idade pode estar relacionado com o desaparecimento nos últimos anos de várias pessoas no arquipélago entre elas menores de idade.

XS
SM
MD
LG