Links de Acesso

Polícia cria mecanismos para enfrentar insegurança em Malanje

  • Isaías Soares

Pedro André Quiambi, Comandante Interino da PN, Malanje, Angola

Pedro André Quiambi, Comandante Interino da PN, Malanje, Angola

Comandante local pede que jovens adiram à Polícia Nacional

A prevalência da criminalidade na província de Malanje é de 5 a 6 crimes diários, facto que levou a Polícia Nacional a procurar novos mecanismos para pôr cobro à insegurança que grassa na província.

O policiamento de proximidade vai ser reforçado em Malanje com a criação dos Conselhos de Segurança Pública, anunciou o comandante provincial em exercício da corporação, subcomissário Pedro André Quiambi.

“Nesse policiamento de proximidade, estamos a orientar as comunidades a constituírem os seus conselhos de segurança pública, que certamente não vão substituir a polícia, mas sim vão trabalhar com a polícia e os governos locais resolverem problemas de segurança pública”, referiu.

Esse órgão de apoio da Polícia Nacional tem a missão de resolver os problemas das aldeias, bairros ou sectores em matéria de segurança pública.

Entretanto, o rácio de agentes policiais para o número de cidadãos deixa os responsáveis pública numa situação embaraçosa.

“Nós estamos na ordem de dois mil cidadãos por polícia, uma percentagem que não é aceite, então, por isso pedimos à população e principalmente os jovens a se enquadrarem na polícia”, apelou Quiambi.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG