Links de Acesso

Poeta português canta Angola

  • Pedro Dias

Angola Poesia Angola no Coração Angola em poesia

Angola Poesia Angola no Coração Angola em poesia

O meu coração estará sempre com o povo de Angola, diz Carlos Simões cuja obra "Angola no coração - Angola na poesia" acaba de ser lançada.

Está a ser apresentada em Angola, a primeira obra poética de Carlos Manuel Simões, intitulada, “Angola no Coração – Angola em Poesia”. A VOA conversou com o autor para nos conduzir pelos labirintos de um país que ele bem conhece em poesia.

O livro, com o prefácio do Professor Marcelo Rebelo de Sousa, tem a edição do Sítio do Livro – Lisboa, chancela Vírgula e levou três anos a ser preparado.

A obra é um apaixonado retrato da Angola deslumbrante, musical, com uma cultura abrangente, bela, provocando sensações intimistas de prazer, paixão, amor e passagens de tradições, associadas à paz duradoura, independente e à reconciliação nacional.

É um tributo prestado ao povo angolano, de forma simples, fácil e de agradecimento pelo seu acolhimento ao longo destes 4 anos de permanência em terras angolanas.

Satisfeito pela recepção da obra, o autor revelou-se um poeta de bloco de apontamentos no bolso, que ao longo do seu quotidiano, nos locais que visitou por toda Angola, recolhia apontamentos das sensações e dos prazeres absorvidos.

Realça que ao longo destes três anos, o bloco serviu-lhe de “coração de poeta” e ao compilar todos estes escritos, de histórias magníficas, verificou que todos eles podiam formar uma bela história poética sobre Angola e assim foi formando um “puzzle” poético, peça a peça, como se de uma peça teatral se tratasse.

A obra pode ser adquirida numa das várias bibliotecas dispersas pela cidade capital, assim como nas distintas províncias do país. “Tenho um projecto de pesquisa em mãos, também sobre Angola. Sairá possivelmente dentro de 2 anos. Para o povo angolano, o meu coração estará sempre convosco, hoje e sempre pela poesia, e pela pesquisa da História de um povo celestial”.

Nascido em Eça de Queirós, Leiria (Portugal), Carlos Manuel Simões, tão cedo mostrou-se fascinado pelos livros e a arte da encadernação. A música foi outra das suas paixões. No desporto, foi atleta do Grupo Recreativo Amigos da Paz (GRAP), nas modalidades do Atletismo e Andebol.

Estudou Comunicação Social, na Escola Superior de Educação de Leiria (ESEL). Radicado no “berço” de África desde 2011, exerce funções na maior instituição financeira de Angola. Foi aqui que despertou para a poesia, com Angola no coração.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG