Links de Acesso

PM de Cabo Verde desmente intenções de se demitir

  • VOA Português

José Maria Neves

José Maria Neves

Jornal diz que José Maria Neves pensa demitir-se depois de conhecer a decisão do PR sobre o estatuto dos titulares de cargos políticos.

O primeiro-ministro de Cabo Verde recorreu ao Facebook para desmentir a manchete desta Sexta-feira do jornal A Semana, que dá como provável a demissão de José Maria Neves.

Segundo o semanário, considerado próximo de José Maria Neves e do partido no poder, o PAICV, a demissão do Chefe do Governo é a primeira grande consequência do que o jornal denomina de “tsunami político”, que abateu com a classe dirigente devido aos protestos contra o estatuto dos titulares de cargos políticos aprovado por unanimidade pelo Parlamento na semana passada.

“A manchete do jornal A Semana sobre a saída do primeiro-ministro do Governo, se o Presidente da República vetar o novo Estatuto dos Titulares de Cargos Políticos, é absolutamente falsa porque seria uma forma ilegítima de pressionar o mais Alto Magistrado da Nação, já porque o diploma é da iniciativa do Parlamento e não do Governo”, escreveu José Maria Neves na sua página de Facebook na noite de ontem, logo após o jornal anunciar os destaques da edição de hoje.

Segundo o A Semana, “são cada vez mais intensos os rumores de que o primeiro-ministro está a preparar a sua saída, mas tendo o cuidado de deixar quase todos os ministros nos seus postos, para que possam dar continuidade ao programa de governação do PAICV sufragado nas urnas”.

Entretanto, o semanário ressalva que “a ter que tomar tal decisão, José Maria Neves só o faria depois de conhecer o veredicto do Presidente da República sobre o novo estatuto dos titulares políticos”.

Recorde-se que na passada Segunda-feira, 30, milhares de cabo-verdianos saíram às ruas para protestar contra o referido estatuto que, entre outras regalias, aumentar o salário dos políticos em cerca de 65 por cento.

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonsenca, que se encontrava no exterior e a quem os manifestantes pedem que vete a lei, disse que vai analisar o documento e decidir de acordo com os interesses do país.

XS
SM
MD
LG