Links de Acesso

PM de Cabo Verde diz acompanhar resultado do Brexit com apreensão

  • Redacção VOA

Ulisses Correia e Silva, primeiro-ministro de Cabo Verde

Ulisses Correia e Silva, primeiro-ministro de Cabo Verde

Ulisses Correia e Silva não vê mudanças no relacionamento entre a UE e o arquipélago.

O primeiro-ministro de Cabo Verde afirmou estar a acompanhar a decisão dos britânicos de deixarem a União Europeia (EU) com alguma apreensão.

“Trata-se de uma decisão soberana do povo inglês que fez a sua escolha”, lembrou Ulisses Correia e Silva nesta sexta-feira, 24, que mostrou-se esperançado na capacidade da UE em “encontrar soluções”.

“Cabo Verde tem relações privilegiadas com o espaço europeu, com a União Europeia e não há nenhuma razão para pensarmos que será diferente daquilo que tem sido”, concluiu o primeiro-ministro de Cabo Verde, país cuja moeda está indexada ao euro desde 1996.

Em referendo realizado na quinta-feira, 23, os partidários da saída da EU conquistaram 51,9% dos votos, enquanto os defensores da permanência representaram 48,1% dos votos expressos.

A participação no referendo foi de 72,2% dos 46,5 milhões de eleitores inscritos.

XS
SM
MD
LG