Links de Acesso

Paquistão e Afeganistão procuram acordo conjunto contra terrorismo


Na foto um polícia paquistanês em serviço

Na foto um polícia paquistanês em serviço

O Paquistão revelou neste Sábado, 25 de Fevereiro, que está engajado em negociações com o Afeganistão, para desenvolver um “mecanismo” conjunto” para responder às preocupações mútuas no que toca ao terrorismo nas suas fronteiras, sendo que ambos os lados poderão formalizar um acordo na próxima semana.

Sartaj Aziz, conselheiro em política externa do primeiro ministro paquistanês disse aos reporters, em Islamabad, que vai voltar às conversações com o ministro das Relações Exteriores afegão Salahuddin Rabbani, à margem da cimeira regional a ter lugar neste Domingo em Islamabad, capital do Paquistão.

Aziz disse que Rabbani confirmou a sua participação no encontro da Organização de Cooperação Económica que envolve dez nações.

O conselheiro paquistanês disse também que o Paquistão e o Afeganistão vêem o terrorismo como inimigo comum e concordaram que precisam de cooperar.

As relações bilaterais entre as duas nações não foram sempre as melhores, no entanto. Islamabad e Cabul têm tido os seus altos e baixos, especialmente depois de nos últimos meses se terem acusado mutuamente de patrocinarem grupos terroristas e seus ataques nos seus respectivos territórios.

O Paquistão e o Afeganistão partilham uma fronteira de dois mil seiscentos quilómetros.

XS
SM
MD
LG