Links de Acesso

Guiné-Bissau: Papel de Amílcar Cabral recordado 42 anos depois

  • Lassana Casamá

Nino Vieira e Amílcar Cabral (direita)

Nino Vieira e Amílcar Cabral (direita)

Por ocasião de mais um aniversário da independência da Guiné-Bissau, todas as razões do subdesenvolvimento do país estão a ser analisadas.

O denominador comum de todas as reflexões refere aos potenciais desvios dos princípios ideológicos que Amílcar Cabral tinha traçado para que a Guiné-Bissau fosse um país próspero.

Uns consideram que houve agressão aos ensinamentos ideológicos de Cabral. Outros observam o contrário.

Acompanhe:

XS
SM
MD
LG