Links de Acesso

Ganhou um diploma de técnico químico quando estava no ensino secundário entrou para os Jesuítas em Março de 1958

O Papa Francisco é conhecido como o Papa do povo e até mesmo como "estrela rock", pela popularidade que tem.

Este mês (Setembro), completa a décima viagem ao estrangeiro durante o seu Pontificado, que iniciou em Março de 2013.

O Papa argentino de 78 anos, visita os Estados Unidos num ano repleto de eventos importantes para ele, como a publicação em junho do "Laudato Si", a encíclica sobre o meio ambiente. Em Outubro realiza-se o Sínodo dos Bispos sobre família; e em Dezembro, dia 8, inaugura o Ano da Misericórdia.

O antigo cardeal de Buenos Aires, Jorge Mario Bergoglio, não era popular para a maior parte dos norte-americanos católicos, na altura em que sucedeu Bento XVI, a 13 de Março de 2013, mas os seus irmãos do colégio de cardeais sabiam quem ele era.

Cresceu com quatro irmãos, numa família com fortes ligações às origens italianas. A convivência com os residentes mais pobres de Buenos Aires influenciaram a sua pregação, as suas prioridades e a forma como lidera, especialmente na interacção com pessoas.

Sobre a forma de interagir, o Papa disse a jornalistas que é uma questão de gostar de ter gente à volta.

Ao instalar-se no Vaticano, com a sua nova vida de Papa, ele agitou o conceito de tradição com t minúsculo. Ele chamou as autoridades do Vaticano a conferir o progresso dos projectos; ele manteve a sua agenda das tardes, telefonando a quem lhe escreve ou convidando as pessoas para uma conversa. Ele espalhou a palavra entre os clérigos sobre modos simples de vida e condenou veementemente a fofoca na clero e o carreirismo.

No início do seu Pontificado, nomeou um painel internacional de cardeais - muitos deles dirigentes de dioceses e não oficiais da Curia romana - com o objectivo de criar um painel de conselheiros para a governação da igreja. A sua primeira missão, que está em curso, é reorganizar a burocracia do Vaticano.

Enquanto o projecto não está completo o Papa aceitou as recomendações dos cardeais de estabelecer o conselho e o secretariado para assuntos económicos, o secreteariado para as comunicações e uma comissão para promoção da protecção de crianças. Já estão todos a funcionar.

Apenas oito meses após a sua nomeação, o Papa publicou a sua exortação apostólica, "O Cântico da Alegria". No documento, apela aos católicos a andarem pelo mundo, partilhando a sua fé, com "entusiasmo e vitalidade", vivendo exemplos de amor, alegria e caridade.

Jorge Mario Bergoglio nasceu em Buenos Aires, a 17 de Dezembro de 1936. Ganhou um diploma de técnico químico quando estava no ensino secundário entrou para os Jesuítas em Março de 1958, tinha 22 anos.

Aos 33 anos, foi ordenado padre, a 13 de Dezembro de 1969.

Como parte da sua formação Jesuíta, ele ensinou literatura e psicologia em escolas secundárias de Jesuítas, nos anos '60.

Em 1992 o Papa João Paulo II nomeou-o bispo auxiliar de Buenos Aires. Foi promovido a Arcebispo coadjuvante em 1997 e tornou-se chefe das arquidioceses em 1998. S. João Paulo II nomeou-o ao colégio de Arcebispos três anos mais tarde.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG