Links de Acesso

Paicv, no poder, e MpD, na oposição confiantes na vitória nas eleições legislativas de 2016

  • Eugénio Teixeira

Presidente da República marcou as eleições para 20 de Março.

O Presidente de Cabo Verde justificou a marcação das eleições legislativas para 20 de Março de 2016 com a necessidade de dar tempo à participação de todos e de evitar que coincidam com a realização actividades culturais, como o Carnaval, e religiosas, nomeadamente a Páscoa, que atraem a participação de muitas pessoas.

No seu discurso, Jorge Carlos Fonseca exortou os cidadãos a participarem massivamente nas eleições e disse esperar que todas as condições sejam criadas para que os cabo-verdianos possam afluir às urnas e votar em consciência.

O líder parlamentar do MpD, principal partido na oposição, Fernando Elísio Freire disse que o seu partido encara a data com naturalidade.

Freire afirma que o seu partido “está pronto para a disputa e preparado para vencer as legislativas e regressar ao Governo em 2016”.

Por seu lado, o deputado do Paicv, no poder, José Manuel Andrade considera que o seu partido defendia que as eleições fossem mais cedo em Fevereiro, mas “respeita a data escolhida pelo Presidente da República”.

Andrade afiança que o seu partido “está preparado para se apresentar mais uma vez ao eleitorado com um projecto credível, visando renovar a maioria e continuar na governação do país”.

XS
SM
MD
LG