Links de Acesso

Ouvinte Angolano está preocupado com a falta de água e luz na capital

  • Danielle Stescki

Espaço do Ouvinte

Espaço do Ouvinte

Adérito Pedro tem 30 anos e mora em Luanda. É casado, tem duas filhas, e trabalha como técnico de segurança e higiene no trabalho. Pedro sugeriu que conversássemos sobre o estado social de Angola.

De acordo com ele, as pessoas ainda passam muita dificuldade na capital angolana. Por exemplo, falta luz, e por isso ele tem que ter um gerador em casa.

Mas o gerador não resolve o problema da família de Pedro, porque só funciona algumas horas do dia e, às vezes, não dá nem para conservar os alimentos. O bairro onde mora costumava ter luz, mas nos últimos anos as coisas pioraram.

O acesso a água é outro desafio. Não há água encanada na casa da família e é preciso busca-lá em cisternas e trazer para casa. “Isso nos preocupa”. Com as chuvas, a situação ficou ainda mais difícil.

Mesmo com tantas dificuldades, Pedro ainda tem esperança que as coisas melhorem na capital, mas gostaria que o governo fizesse algo para mudar esta situação o mais rápido possível.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG