Links de Acesso

Alunas sul-africanas de Oprah Winfrey a caminho da universidade

  • Nadia Samie

Oprah Winfrey posa junto às jovens finalistas da sua escola, em Joanesburgo

Oprah Winfrey posa junto às jovens finalistas da sua escola, em Joanesburgo

"Uma mãe orgulhosa",foi assim que Oprah Winfrey se descreveu,ao assistir à entrega dos diplomas às primeiras alunas saídas da sua escola, em Joanesburgo

Em 2007, a Academia de Liderança de Oprah Winfrey abriu as suas portas a alunas sul-africanas pobres,mas com bom desempenho académico. As primeiras finalistas receberam, no sábado, os seus diplomas com uma percentagem de aprovação de cem por cento.

"Uma mãe orgulhosa",foi assim que Oprah Winfrey se descreveu,ao assistir à entrega dos diplomas às primeiras alunas saídas da sua escola,criada a Sul de Joanesburgo. E Oprah tem razões para se sentir orgulhosa, uma vez que a escola por si fundada obteve uma percentagem de aprovações que garantiram às alunas lugares em universidades, tanto sul-africanas como americanas.

Disse Oprah:“A coisa de que estou mais orgulhosa não tem a ver com o aspecto académico, porque o aspecto académico eu estava à espera! A coisa de que mais me orgulho é que todas foram admitidas em universidades e que todas irão entrar para a universidade e que criamos um mecanismo de apoio que vai proporcionar que isso vá acontecer. Mas, ainda mais importantes, todas saem da academia com a graça e a dignidade como foram educadas. A sua integridade, o seu carácter, a sua classe e a sua bondade é tudo o que todos os pais desejam!”

O conceito da escola surgiu de uma conversa que Winfrey teve, anos atrás, com o antigo presidente Nelson Mandela:“Quando tive a conversa com o Madiba, em sua sala de estar, a nossa conversa foi sobre como poderíamos acabar com a pobreza. É assim que o fazemos. Isto é o princípio do fim da pobreza. Estas jovens quebraram agora o ciclo de pobreza das suas famílias, sendo as primeiras a ir para a universidade e a fazerem o que escolherem com as suas vidas.”

A educação está em foco, hoje em dia, na África do Sul, onde estudantes que acabam o ensino secundário não estão a conseguir lugar nas universidades, quer devido às suas notas baixas ou pelo facto das instituições de ensino superior estarem superlotadas.

Recentemente, uma mãe foi morta espezinhada por uma multidão descontrolada que se encontrava frente à Universidade de Joanesburgo, enquanto esperava numa fila, aguardando a vez de ser atendida, na esperança de matricular o seu filho.

Todas as alunas finalistas da escola de Oprah foram aceites em universidades, ou na África do Sul ou no estrangeiro. A maioria das alunas terminou os seus cursos com distinção em múltiplas disciplinas.

Todas as raparigas que seguem para as universidades irão ter um sistema de apoio. Estarão disponíveis conselheiros, apoiando-as na gestão das suas finanças e no planeamento dos seus futuros. Para todas elas, os seus futuros afiguram-se brilhantes, desde o momento em que Oprah Winfrey entrou nas suas vidas.

XS
SM
MD
LG