Links de Acesso

Oposição angolana lamenta que parlamento não tenha aprovado transmissão dos debates

  • Coque Mukuta

PRS confiante que isso irá acontecer no próximo ano, enquanto Unita acusa a TPA de censurar declarações dos deputados da oposição.

Partidos da oposição angolana lamentaram que mais uma sessão legislativa tenha terminado sem acordo para a transmissão em directo dos debates.

Unita, Casa-CE, PRS e FNLA bateram-se insistentemente para a transmissão em directo dos debates paralamentares mas apesar dessa ofensiva da oposição tal não aconteceu durante o ano parlamentar que terminou na passada sexta-feira.

O MPLA e o presidente da Assembleia Nacional Fernando da Piedade Dias dos Santos, na discução das modalidades de transmissão dos debates com os líderes dos grupos parlamentares, alegaram constrangimentos técnicos, materiais e humanos ligados ao funcionamento da TV Parlamento. A maioria defende que as transmissões devem começar de forma gradual, o que também não aconteceu.

Benedito Daniel, presidente da bancada paralementar do PRS, mostra-se no entanto confiante em ter a transmissão dos debates no próximo ano parlamentar.

Por outro lado, Adalberto Costa Júnior, vice-presidente da bancada parlamentar da Unita, afirma ser esta uma das fragilidades do ano parlamentar que terminou.

O deputado da UNITA disse que na televisão publica angolana de momento nada passa sobre as intervenções dos partidos da oposição.

“É tudo censurado”, conclui Costa Júnior.

XS
SM
MD
LG