Links de Acesso

Oposição angolana critica discurso de PR sobre o estado da Nação

  • Redacção VOA

Luanda

Luanda

Unita, Casa-Ce, PRS e BD acusam José Eduardo dos Santos de não querer democratizar o país.

Os partidos da oposição angolana criticaram duramente o discurso sobre o estado da Nação feito pelo Presidente da República ontem, 15, e acusam José Eduardo dos Santos de desinteresse em democratizar o país.

Oposiçao critica Eduardo dos Santos

O líder da Unita, Isaías Samakuva, fez hoje, 16, uma extensa declaração pública na qual qualifica de “manobra dilatória” o adiamento das eleições autárquicas anunciado por José Eduardo dos Santos.

“Os angolanos não vão permitir manobras dilatórias”, disse, questionando igualmente os dados sobre o Censo da população anunciados por José Eduardo dos Santos.

O deputado Leonel Gomes da Casa-CE disse por seu turno que, com este discurso, o presidente angolano demonstrou as suas reais intenções sobre o rumo que pretende dar ao país.

Por sua vez, o porta-voz do PRS Joaquim Nafoia acusou Santgos de falta de vontade política para efectivar o processo democrático.“O país tem um presidente e um Governo medíocres”, declarou .

O Ppesidente José Eduardo dos Santos também é acusado pelo Bloco Democrático que, numa declaração política, diz que Santos pretende realizar eleições autárquicas só após as gerais, “para, com o reforço do controlo da situação, evitar o desgaste com as Autárquicas e alavancá-las com a fraude das legislativas”.

O Bloco Democrático acusa ainda o Chefe de Estado de recorrer à repressão generalizada e sofisticada para sustentar seu modelo de governação e de desenvolver a estrutura de Partido-Estado assente em métodos policiais.

XS
SM
MD
LG