Links de Acesso

Oposição angolana vê sucessão palaciana

  • Manuel José

José Filomeno dos Santos

José Filomeno dos Santos

Líderes acreditam que José Eduardo dos Santos pode querer lançar o filho an Presidência.

A oposição angolana reforça a ideia de que o recente pronunciamento de Jose Eduardo dos Santos em deixar a vida política activa em 2018 pode indiciar a intenção de colocar um dos seus filhos no seu lugar.

O secretário-geral da Casa-CE Leonel Gomes diz ser “melhor esperar para ver, como São Tomé”, mas afirma que a “concretizar-se este pronunciamento não há duvidas absolutamente nenhums que vamos ter uma sucessão palaciana com José Eduardo dos Santos a aparecer em 2017 como cabeça de lista, secundado pelo seu filho Zenu dos Santos''.

Por sua vez, o presidente da Unita prefere acreditar que José Eduardo dos Santos, como anteriormente, não vai cumprir o prometido.

“Só um angolano distraído é que aceita cair mais uma vez nestas promessas que José Eduardo dos Santos faz há décadas'', avisa Isaías Samakuva, que se pudesse escolher um adversário no MPLA preferia Santos.

“O que seria lógico é José Eduardo dos Santos sair nas eleições em 2017 e indicar alguém para representar o MPLA na corrida presidencial”, reforçou Samakuva.

Já o líder do PRS Eduardo Kuangana não acredita muito que José Filomeno dos Santos tenha capacidade para substituir o pai.

''Eu não condicionaria o facto de ser o filho do Presidente da República na sucessão, o que eu condicionaria é a capacidade dele porque se Zenu dos Santos não consegue gerir um Fundo Soberano como é que vai gerir um país?” questionaKuangana, para quem o Fundo Soberano até hoje não apresentou relatórios do que existe e não existe''.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG