Links de Acesso

Confronto Obama-Romney sobe de tom

  • Redacção VOA

Apoiantes do presidente Obama e do seu rival republicano Mitt Romney trocaram duras palavras a poucos dias do primeiro debate presidencial.

Aqui nos Estados Unidos apoiantes do presidente Barack Obama e do seu rival republicano Mitt Romney trocaram duras palavras este domingo poucos dias antes do primeiro debate dos dois candidatos à Casa Branca.

O candidato republicano à vice-presidência Paul Ryan afirmou à rede de televisão FOX que o mortífero ataque contra o consulado americano em Bengazi na Líbia era um bom exemplo da política externa falhado da administração Obama.

De acordo com Ryan a política externa de Obama tornou a América menos segura.
Por seu lado o conselheiro da Casa Branca David Plouffe, respondeu às críticas perante as cameras da ABC dizendo que o presidente Obama cumpriu com as promessas feitas em 2008: terminar com a guerra no Iraque, combater a al Kaida e levar Osama bin Laden à justiça.

Na próxima quarta-feira Obama e Romney encontrar-se-ão frente-a-frente em Denver no estado do Colorado para o primeiro de três debates televisivos antecedendo as eleições presidenciais de Novembro.

Em grande destaque estarão a economia, a reforma do sector da saúde e o papel desempenhado pelo governo nos Estados Unidos.

Os dois candidatos estão entretanto a proceder a ensaios dos debates que terão audiências da ordem dos 50 milhões de telespectadores.

Segundo as últimas sondagens à opinião pública, o presidente Obama continua a desfrutar de uma confortável vantagem em muitos dos estados americanos determinantes nas eleições de 6 de Novembro.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG