Links de Acesso

Obama decreta sanções a cinco funcionários da República Centro-Africana


Bangui, capital da República Centro Africana: homens da milícia muçulmana açoitam um cristão com catanas

Bangui, capital da República Centro Africana: homens da milícia muçulmana açoitam um cristão com catanas

O Presidente americano Barack Obama decretou sanções contra os ex-dirigentes centro-africanos François Bozize e Michel Djotodia, além de outras três personalidades, todos acusados pela Casa Branca de contribuírem para a violência na República Centro-Africana.

O decreto, firmado três dias depois de o Conselho de Segurança da ONU ter sancionado três desses cinco indivíduos, quer enviar "uma mensagem forte de que a impunidade não será tolerada e que aqueles que ameaçam a estabilidade da República Centro-Africana deverão ater-se às consequências", anunciou o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney.

Além de Bozize e Djotodia, o decreto presidencial afecta o coordenador das milícias cristãs chamadas "antibalaka", Levy Yakete, e dois dirigentes da ex-coligação rebelde Seleka, de maioria muçulmana, Nurredin Adam e Abdulaye Miskin.

Os cinco terão seus bens congelados nos Estados Unidos.
XS
SM
MD
LG