Links de Acesso

Obama convida Dilma Roussef a visitar Estados Unidos

  • VOA Português

Dilma Roussef e Barack Obama (Arquivo)

Dilma Roussef e Barack Obama (Arquivo)

O convite acontece ano e meio depois de a Presidente brasileiro ter cancelado uma visita a Washington depois se informações de que ela teria sido alvo de espionagem dos EUA.

O Presidente Barack Obama convidou Dilma Rousseff a visitar os Estados Unidos neste ano ou em 2016. O convite surge ano e meio depois de a Presidente brasileira ter cancelado uma deslocação a Washington após informações reveladas pelo antigo espião americano Edward Snowden de que Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA) tinha espionado Roussef.

Inicialmente, Dilma faria uma visita de Estado em outubro de 2013 aos EUA, que inclui um jantar de gala na Casa Branca e se considera uma das mais fortes expressões de laços de amizade entre países aliados.

O telefonema do vice-presidente americano Joe Biden a convidar a Presidente brasileira foi feito no passado dia 13, de acordo com fontes citadas pela Reuters e acontece depois de mais de um ano de negociações entre Washington e Brasília para acalmar as tensões.

Biden ofereceu a Dilma Roussef a opção de escolher entre uma visita de Estado em 2016 ou uma viagem de alto nível menos formal ainda em 2015.

As mesmas fontes indicam que a Presidente brasileira não escolheu a data mas está desejosa de deixar para trás a polémica sobre a espionagem.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG