Links de Acesso

Obama convida 47 Estados africanos para debater cooperação

  • Alvaro Ludgero Andrade

Obama NSA Surveillance

Obama NSA Surveillance

De fora do evento ficaram a Guiné-Bissau, Sudão, Egipto, Madagascar e Zimbabwe, países que não têm boas relações com os Estados Unidos e estão suspensos da União Africana.

O Presidente dos Estados Unidos Barack Obama convidou 47 países para uma cimeira entre os Estados Unidos e a África a realizar-se a 5 e 6 de Agosto em Washington.


Dos cinco países africanos de língua portuguesa, apenas não foi convidado a Guiné-Bissau, cujo governo de transição não é reconhecido pela administração americana.

Segundo um porta-voz da Casa Branca a cimeira visa avançar os objectivos da administração em matéria de comércio e investimento em África e destacará o compromisso dos Estados Unidos com o continente africano e o desenvolvimento da democracia.

Para Assis Malaquias, do Centro de Estudos Estratégicos para a Defesa e Academia de África, aqui em Washington, esta cimeira revela a importância que os Estados Unidos atribuem à África.

Na óptica daquele especialista, os países africanos devem mudar a sua postura e vir a Washington sabendo o que vão oferecer aos Estados Unidos nesta parceria.

Questionado sobre o papel que um país como Angola poderá desempenhar nestas novas relações, aquele especialista deu um exemplo.
XS
SM
MD
LG