Links de Acesso

Obama considera Venezuela um "risco para a segurança nacional"


Actual Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro

Actual Presidente da Venezuela, Nicolas Maduro

O Presidente norte-americano, Barack Obama, considerou a Venezuela um "risco para a segurança nacional" e ordenou a aplicação de novas sanções a sete altos responsáveis venezuelanos que acusa de violarem os direitos humanos.

Obama declarou igualmente que existe uma situação de "emergência nacional" devido ao "extraordinário risco para a segurança nacional e política externa dos EUA" que representa a situação na Venezuela.

As sanções a aplicar aos sete altos responsáveis venezuelanos, entre os quais o director-geral dos serviços secretos e o diretor da polícia nacional, são proibição de entrada nos Estados Unidos e congelamento de bens. Outro dos alvos de Obama foi Katherine Nayarith Haringhton Padrón, a procuradora do Ministério Público que acusou o presidente da câmara de Caracas, Antonio Ledezma, de conspiração para cometer golpe de Estado.

XS
SM
MD
LG