Links de Acesso

O "rei petróleo" caíu, diz secretário de estado da agricultura

  • João Marcos

Amaro Taty sublinha a necessidade de se investir na agricultura.

O secretário de estado da agricultura de Angola, José Amaro Taty, disse que o pais precisa de se concentrar na agricultura, porque o petróleo “já foi rei”.

“É um rei frágil, por isso temos de acreditar no rei antigo, que é a agricultura e a pecuária (...) já tivemos rei como café e outras culturas, é hora de voltar ao nosso passado", disse.

Taty falava em Benguela, no decurso da primeira Feira de Tecnologia Agrícola e Pecuária, na qual foi revelado que Angola precisa de trezentas fazendas que produzam 40 mil toneladas de cereais por ano para deixar de depender das importações.

Em busca desta cifra, a fazenda Santo António, no Kwanza Sul, espera obter dois mil e quinhentos hectares irrigados até Setembro de 2016.

Os mentores do projecto vão investir trinta milhões de dólares norte-americanos, esperando que o retorno venha a despertar produtores de milho e de soja.

O empresário Fernando Teles, um dos proprietários do complexo Santo António, disse que fara as necessidades de Angola a fazenda é bastante insignificante.

“É um investimento grande, sem dúvidas, mas Angola precisa de 300 fazendas destas para que já não haja importação de cereais”, afirmou.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG