Links de Acesso

O "pai grande" do Namibe

  • Armando Chicoca

Francisco Tchikuteny Sabalo

Francisco Tchikuteny Sabalo

Gasta cerca de 1770 dólares mensais na alimentação dos 160 filhos e diz que nenhum passará dificuldades.

O pai da família mais numerosa de Angola gasta mensalmente mais de 1700 dólares americanos para alimentação dos seus 160 filhos.

O pai da família mais numerosa de Angola gasta mensalmente mais de 1700 dólares americanos para alimentação dos seus 160 filhos.

Francisco Tchikuteny, de 67 anos de idade, respeitado e conhecido nas lides das comunidades Mucubais como “pai grande”, complacente e homem de trato fácil, notabilizado pelo carisma de ter aprendido com os seus pais em ajudar os pobres que passam fome nas comunidades autóctones, residente na famosa ilha do Mungongo ou Giraul da Caleva, diz ter uma ambição na sua vida: ver os filhos formados nos vários segmentos da ciência e tecnologia.

No início de cada ano lectivo, o homem de 49 mulheres, com quem já teve mais de 200 filhos, dos quais mais de 50 morreram, gasta em kwanzas o equivalente mais de 1500 dólares americanos com o material escola para a escolarização dos petizes.

Descendente do rei dos mucubais, Tchindukuto Naulila disse que nenhum dos seus rebentos vai passar a fome, enquanto estiver vivo.

Na sua comunidade da Ilha do Mungongo, não há quem trabalha para outrem. Sabalo Tchikuteny gasta mensalmente cerca de 1700 dólares americanos em fuba de milho, arroz, óleo vegetal e sal, produtos considerados mais importantes na segurança alimentar da sua família porque o resto é produzido localmente.

Tchikuteny explica como está organizada a cozinha da comunidade. Com alguns sorrisos, Tchikuteny disse que a sua comunidade vive do milagre de Deus.

Há dois anos a TV Globo foi ao Namibe, na altura Francisco só tinha 152 filhos

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG