Links de Acesso

Novo grupo de percussão angolano no feminino : Muana Puó

  • Pedro Dias

Muana Puó - Angola

Muana Puó - Angola

Muana Puó, assim é chamado hoje o Grupo de Percussão do Celamar, são oito jovens que decidiram caminhar por si mesmas, depois de quase dez anos como a artista plástica Marcela Costa da Galeria Celamar, na Ilha de Luanda.

Muana Puó é assim que é chamado hoje o então Grupo de Percussão do Celamar.

Elas são oito jovens que decidiram caminhar por si mesmas, depois de quase dez anos como a artista plástica Marcela Costa da Galeria Celamar, na Ilha de Luanda.


Margarida Paulo NKai é a coordenadora e solista principal do Grupo de Percussão Feminino Muana Puo, ela considera que “tudo na vida tem tempo, por isso, Celamar teve um tempo, agora é a hora e a vez do Muana Puo”.

Mas com a criação de um novo grupo de percussão nem tudo corre as mil maravilhas, muita coisa começa a fazer falta, desde a compra de novos instrumentos de percussão, mascaras, tecidos, um local para ensaio, a um patrocinador. Margarida NKai pede apoios para continuarem a resgatar, preservar e a divulgar a cultura de Angola.

O Grupo de Percussão Feminino Muana Puo está num processo de recolha de novas sonoridades rítmicas do norte e leste de Angola.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG