Links de Acesso

Os Versáteis apresentam "As nossas quetas"

  • Pedro Dias

 Nonó Catete, da banda Os Versáteis

Nonó Catete, da banda Os Versáteis

Canções interpretadas em português, kimbundu, umbundu, kikongo e tchokué.

A banda angolana de música Os Versáteis, colocou no passado 19 de Outubro a sua mais recente obra discográfica “As Nossas Quetas”. Um disco feito com base rítmica no semba, kilapanga, moda cabecinha e zouk., disse Nono Catete vocalista do grupo.

Foram produzidas oito mil cópias. O CD traz treze canções interpretadas em Português, Kimbundu, Umbundu, Kikongo e Tchokué, algumas línguas faladas em Angola. “É um disco com várias tendências, com estilos também modernos, mas que privilegia sempre as nossas tradições. Continuamos a privilegiar essencialmente os nossos ritmos”, disse aquele membro do grupo.

O quotidiano do angolano, violência doméstica, tradições e comportamentos são alguns dos temas abordados neste quarto CD da banda em dezoito anos de carreira.

Segundo Nonó Catete, este disco inclui uma rapsódia em homenagem às músicas angolanas e aos artistas David Zé, Dina Santos, Rui Mingas e Dom Caetano.

Fundado em 1996, o grupo conta com os músicos Nonó Catete (voz e guitarra), Sissy Lemos (teclado e programação), Pitchu Mota (guitarra baixo) Kayeye (teclados e voz), Chikilson (percussão), Paulo Massini (guitarra ritmo), Dudú (bateria), Linda Chilomo e Sissa Mota (vozes).

Ouça a reportagem aqui

XS
SM
MD
LG