Links de Acesso

Nove pessoas assassinadas em igreja nos EUA


Familiares tentam saber quem foram as vítimas do ataque na Igreja na Carolina do Sul

Familiares tentam saber quem foram as vítimas do ataque na Igreja na Carolina do Sul

Nove pessoas foram mortas na noite desta quarta-feira, 17, após um homem atirar numa igreja histórica da comunidade negra em Charleston, no Estado americano da Carolina do Sul.

Oito das vítimas morreram dentro da igreja Emanuel African Methodist Episcopal Church e a nona acabou morrendo no hospital, segundo o chefe da polícia da cidade, Gregory Mullen.

Um dos fiéis está hospitalizado. Uma das vítimas mortais era o pastor da igreja e senador Clementa Pinckney.

"Eu acredito que tenha sido um crime de ódio", afirmou Mullen, acrescentando que o FBI está a investigar o caso.

O presidente da Câmara Municipal Joe Riley disse que o crime é "uma tragédia indescritível e desoladora numa igreja histórica."

A polícia agora está à procura do suspeito, um homem branco com cerca de 20 anos, usando uma camisola cinzenta, calças azuis e botas.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG