Links de Acesso

Nomeação de Isabel dos Santos provoca protestos

  • Redacção VOA

Isabel dos Santos

Isabel dos Santos

Activistas e personalidades angolanos pedem boicote da oposição do discurso sobre o estado da Nação e marcam manifestação para 26 de Novembro.

Activistas e personalidades preparam protestos pacíficos contra a nomeação da filha do Presidente angolano, Isabel dos Santos, ao cargo de presidente do Conselho de Administração da Sonangol, e a falta de pronunciamento da Procuradoria-Geral da República sobre a suposta inconstitucionalidade e ilegalidade da nomeação e do Tribunal Supremo à providência cautelar interposta por 12 advogados a 10 de Junho.

Numa carta enviada aos partidos políticos da oposição, os activistas Abraão Chissanga, Benedito Jeremias Dalí, Emanuel Pitra, Florindo Chivucute, José Gama, Luaty Beirão, Magno Domingos, Massilon Chindombe, Nelson Dibango, Nvunda Tonet, Rafael Morais, Sedrick de Carvalho e Simão Hossi pediram que, em jeito de “protesto pacífico”, que os seus deputados “não se façam presentes na sessão de abertura do ano parlamentar, exactamente por ser o dia em que deverá estar presente José Eduardo dos Santos, pai da nomeada, para discursar à Nação”, na próxima segunda-feira, 17.

Luaty Beirão

Luaty Beirão

Até agora, nem os partidos da oposição nem os seus deputados pronunciaram-se formalmente sobre o pedido.

Contactado pela VOA, o vice-presidente e porta-voz da CASA-CE disse que a coligação vai analisar a carta e que haverá uma reunião com os demais partidos antes de qualquer pronunciamento.

Não foi possível falar com os demais partidos.

Manifestação a 26 de Novembro

A nomeação de Isabel dos Santos também está na origem de uma manifestação prevista para 26 de Novembro, no Largo da Independência, em Luanda.

Marcolino Moco

Marcolino Moco

A iniciativa já foi comunicada ao governador de Luanda em carta na qual se pode ler que a manifestação quert ambém protestar “contra a denegação de justiça pelo Tribunal Supremo”.

Entre os promotores estão o antigo primeiro-ministro, advogado e professor universitário Marcolino Moco, o jornalista William Tonet, o professor universitário Fernando Macedo e o músico e activista Luaty Beirão,

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG