Links de Acesso

No Dia do Pai, nem sinal de muitos deles

  • Fernando Caetano

No Kwanza Sul, um retrato do que se passa em Angola: mães solteiras sem apoios dos pais dos seus filhos.

No Dia do Pai, que se assinala hoje em Angola, muitas mulheres queixam-se de que muitos pais desaparecem e não pagam o sustento dos seus filhos.

No Kwanza Sul, só este ano, as autoridades já receberam pedidos de ajuda de mais de 20 mulheres abandonadas pelos pais dos seus filhos, o que indica que o número poderá exceder a totalidade dos casos oficiais do ano passado, que foi de 80.

Frente a esta situação, o procurador-geral-adjunto da república no Kwanza-Sul Tomás João Alfredo lembra que tanto o pai como a mãe têm a mesma responsabilidade para com os filhos.

«Os pais, tanto pai e mãe em relação aos filhos, são titulares de iguais direitos e deveres”, disse, acrescentando que que a obrigação de contribuir para com o apoio àos pende não só ao pai como também a mâe em função dos seus rendimentos”.

Quanto a dados estatísticos, Tomás Alfredo disse que no Kwanza Sul há muitos casos de pais que abandonam mulheres e filhos.

"No ano transacto tivemos perto de oitenta casos”, revelou Alfredo, lembrando que "estamos agora em Março e, segundo os elementos estatísticos temos já cerca de 27 pedidos de pensão alimentícia", de mulheres abandonadas.

Os números poderão ser no entanto maiores porque muitas mulheres não pedem ajuda às autoridades.

XS
SM
MD
LG