Links de Acesso

Nito Alves libertado

  • Coque Mukuta

Ainda com bata da prisão. Nito Alves após libertação

Ainda com bata da prisão. Nito Alves após libertação

Jovem tem que se apresentar quizenalmente no tribunal

As autoridades angolanas colocaram esta sexa-feira em liberdade com termo de identidade e residência o adolescente Nito Alves, preso desde 12 de Setembro.

Em declarações à Voz da América, Alves revela pressões e o que chamou de chantagem do funcionários do ministério do desporto para conseguir a sua libertação.




O adolescente foi liberto após várias pressões da sociedade angolana e da comunidade internacional.

Segundo Nito Alves mesmo depois de mais de 50 dias passados na prisão nada lhe faz desistir dos seus ideias: “a minha vida será normal e não retiro nenhuma virgula e vou fazer de novo – ze-dú fora!” disse. “A dignidade de um cidadão não está em bater prender um cidadão, o que o governo deve fazer é conversar com o os activistas” disse.

Nito denunciou ainda a alegada tentativa de corrompê-lo pelos funcionários do Ministério da Juventude e Desporto.

Fui aliciado sim senhor e uma das pessoas que eu não tenho receio de dizer e posso dizer agora é o Sidónio que trabalha com o Secretario do Estado para a Juventude e ele é que fazia as negociações com os indivíduos do sistema, que disse-me para chegarmos a um consenso” denunciou.

Nito Alves acrescentou: “Nós não devemos temer, devemos ter as nossas próprias convicções e vamos até as últimas consequências com este governo de José Eduardo dos Santos porque num país democrático e de direito quando os jovens têm medo de protestar é uma doença para a juventude, por isso temos que mostrar que não estamos doentes, vamos sair as ruas” concluiu.

Nito Alves deve apresentar-se quinzenalmente no Tribunal Provincial de Luanda. Por outro lado, a vigilia convocada por colegas do seu movimento para hoje foi cancelada.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG