Links de Acesso

Julgamento de Nito Alves outra vez adiado

  • Coque Mukuta

Nito Alves

Nito Alves

O julgamento do activista Nito Alves foi mais uma vez adiado, desta vez sem data mercada. A juiza decidiu enviar o processo ao Supremo Tribunal por não conter as camisolas com os dizeres imputados ao réu.

Segundo o advogado de defesa David Mendes sem as referidas provas no processo o Supremo Tribunal deverá pronunciar-se a favor do reú.

“Sem as camisolas nos autos não há elementos de provas e não se pode julgar”,disse.

Nito Alves está a ser julgado no Tribunal de Viana por crime de ultraje contra a figura do Presidente da Republica por ter mandando imprimir t-shirts com dizeres contra o presidente José Eduardo dos Santos.

A mãe do activista que Adalia Chivonde mostra-se confiante de que o seu filho não fez nada que possa levar a uma condenação e que existem crimes maiores para a justiça angolana perseguir.

De recordar que a primeira sessão do julgamento do Nito Alves teve lugar há duas semanas e foi suspensa por ausência de vários declarantes.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG