Links de Acesso

Nicolas Maduro manda prender autarca que "ameaçou a paz do país"


Mulher de Antonio Ledezma grita pela sua libertação

Mulher de Antonio Ledezma grita pela sua libertação

A Human Rights Watch(HRW) exigiu a libertação do autarca de Caracas, Antonio Ledezma, detido de forma "arbitrária" pelos serviços secretos da Venezuela. "Sem provas da prática de um delito, o autarca nunca devia ter sido detido e deveria ser imediatamente libertado.

Caso tal não suceda, estaremos perante um novo caso de detenção arbitrária contra opositores, num país onde não há independência judicial", afirmou o director da HRW para as Américas, José Miguel Vivanco.

Em comunicado, a organização sublinha que o Governo da Venezuela "é responsável pela vida e integridade física" de Antonio Ledezma, "detido sem ordem judicial e agredido" pelos agentes. Entretanto, o Presidente Nicolás Maduro disse que Ledezma será julgado por ameaçar a paz no país.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG