Links de Acesso

Neymar pede perdão aos colegas e deixa a selecção no Chile


Neymar

Neymar

O brasileiro Neymar utilizou a sua conta no Instagram nesta segunda-feira, 22, para justificar a sua saída da comitiva canarina no Chile, depois de ter sido suspenso por quatro jogos. Depois de ter pedido perdão aos colegas, disse temer prejudicar o grupo por estar infeliz com a situação.

"Independentemente de onde estarei a partir de agora, acompanharei sempre a selecção, torcendo pelo sucesso dos meus companheiros, mas ficar aqui apenas treinando é me matar por dentro... Sem alegria nenhuma... É muito ruim treinar sem me preparar para algo e essa situação pode me levar a uma lesão acidental o que tornaria tudo ainda mais difícil", escreveu o camisola 10.

Minutos após o desabafo, Neymar deixou definitivamente a concentração da selecção brasileira, em Santiago, nesta manhã. À saída, e apenas com jornalistas frente ao hotel ele reiterou a sua posição: "Foi uma ocasião que eu me deixei levar, agora é descansar a mente e curtir a família(…) Que sirva de aprendizagem e é mais uma coisa que acontece na minha vida", concluiu, depois de dizer que tudo foi discutido com o técnico Dunga e o director desportivo Gilmar.

Ontem à noite, a Confederação Brasileira de Futebol decidiu que não recorreria da decisão da Conmebol de suspender Neymar por quatro jogos devido aos incidentes na partida contra a Colômbia.

Após reunião com a comissão técnica, também ficou decidido que o jogador não permaneceria com o grupo.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG