Links de Acesso

Nelson Mandela foi a enterrar na sua aldeia ancestral

  • Redacção VOA

Este serviço fúnebre culminou 10 dias de cerimónias de luto por Nelson Mandela através de toda a África do Sul.

Os sul-africanos prestaram hoje a sua derradeira homenagem a Nelson Mandela que foi a enterrar na sua aldeia ancestral de Qunu.

Cerca de 4 mil e 500 pessoas entre familiares, amigos e personalidades estrangeiras deslocaram-se à pequena aldeia para um funeral de estado marcado por tributos musicais e discursos em memória do primeiro presidente negro da África do Sul.

Posteriormente um grupo mais restrito de pessoas tomou parte no enterro do líder anti-apartheid ao som de uma salva de 21 canhões e do sobrevoo de helicópteros e de aviões militares.

Este serviço fúnebre culminou 10 dias de cerimónias de luto por Nelson Mandela através de toda a África do Sul.

O enviado especial da VOA Scott Bobb deslocou-se a Qunu e descreveu assim o ambiente que lá se vivia esta manhã.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG