Links de Acesso

Enviado da ONU diz haver pouco progresso nas negociações de paz

  • Redacção VOA

Lakhdar Brahimi, enviador das Nações Unidas e da Liga Árabe para a Síria

Lakhdar Brahimi, enviador das Nações Unidas e da Liga Árabe para a Síria

Encontro de hoje em Genebra foi o segundo dia da segunda ronda de conversações destinadas a trazer uma solução que deve passar pela criação de um governo de transição.

O enviado das Nações Unidas e da Liga Árabe, Lakhdar Brahimi disse que as conversações de paz, entre as delegações do governo e da oposição síria, são laboriosas e não estão a fazer progressos.

Durante uma conferência de imprensa, Lakhdar Brahimi disse que estão a fazer o seu melhor para relançar o processo, tendo afirmado ser necessário a cooperação de ambos lados, assim como das partes não envolvidas.

Brahimi adiantou que o início desta semana é tão laborioso tal como foi a primeira semana e que não estavam a fazer progressos.

O enviado das Nações Unidas e da Liga Árabe precisou que tem planos para se encontrar na Sexta-feira com a subsecretária de Estado norte-americana Wendy Sherman e o vice-ministro russo dos negócios estrangeiros, Gennady Gatilov.

Enquanto isso, responsáveis da Agência das Nações Unidas para os Refugiados – ACNUR – anunciou que várias centenas de homens foram evacuados da cidade de Homs onde tinham sido detidos para interrogatórios pelas forças governamentais.

Uma porta-voz do ACNUR afirmou que 338 homens evacuados e de idade entre os 15 e 55 anos tinham sido detidos para interrogatórios. A mesma adiantou que um total de 42 deles tinha sido libertado, mas os restantes ainda continuavam sob a custódia das autoridades.

De recordar que mais de 800 pessoas tinham sido evacuadas desde Quinta-feira passada, da cidade actualmente controlada pelos rebeldes.

Homs foi o berço da revolta contra o presidente sírio Bashar al-Assad e o seu governo, há quase três anos.
XS
SM
MD
LG