Links de Acesso

Nampula: Levantamento topográfico gera tensão

  • Faizal Ibramugy

Sede do governo provincial de Nampula

Sede do governo provincial de Nampula

Segundo o edil de Nampula cerca de duzentos talhões que haviam sido parcelados para posterior atribuição aos munícipes foram vandalizados.

Técnicos de topografia afectos à direcção de construção e urbanização de Nampula em Moçambique, estão a ser alvo de agressão física nos últimos dias na sequência do aumento de conflitos sobre a posse de terras.
Segundo o presidente do conselho municipal de Nampula, Castro Sanfins Namuaca, que pela gravidade da situação foi obrigado a reportar à Assembleia Municipal, disse que acção é alegadamente protagonizada por um grupo de pessoas que não querem ver a cidade a crescer.

Mesmo sem fornecer muitos detalhes, Namuaca disse que os referidos indivíduos têm estado a agredir os técnicos afectos ao pelouro de urbanização municipal quando estes efectuam as demarcações nas diferentes zonas de expansão da cidade. Nos últimos tempos, a cidade de Nampula está a crescer em todos os cantos, nomeadamente, com o parcelamento e a concepção de espaços aos munícipes.

Segundo o edil de Nampula cerca de duzentos talhões que haviam sido parcelados para posterior atribuição aos munícipes foram vandalizados. A fonte não especificou a zona onde isso ocorreu.

Porém, sabe-se que a zona mais conflituosa na cidade de Nampula em termos de terra para habitação é a de Nampaco, onde durante os últimos meses a edilidade conseguiu demarcar e conceder aos munícipes apenas trinta talhões contra 208 em Murrapaniua II e 30 na unidade comunal de Muthita.

Recorde-se que o município de Nampula com o apoio do programa das Nações Unidas para habitação condigna, UN HABITAT, e Centro de Estudos e Desenvolvimento de Habitat vêm implementado o projecto de processo de requalificação dos assentamos informais e de desenvolvimento.

O projecto tem em vista determinar as áreas de lazer, industriais, agrícolas, habitacionais, comerciais, entre outras.
XS
SM
MD
LG