Links de Acesso

Subida da taxa do lixo exalta os ânimos em Nampula

  • Faizal Ibramugy

Mercado em Nampula

Mercado em Nampula

O agravamento dói porque uns pagam sem beneficiarem dos serviços da autarquia

"Um braço de ferro"

Há um braço de ferro instalado entre os munícipes e o Conselho Municipal da Cidade de Nampula, no norte de Moçambique. Em causa está o agravamento da taxa lixo que passou de 10 para 30 meticais, em virtude da entrada em vigor do novo código de posturas, aprovado pela Assembleia Municipal.

Entretanto, o agravamento da taxa de lixo acontece numa altura em que os citadinos da conhecida capital do norte vêm clamando por melhores serviços de remoção e recolha de lixo que aqui na cidade de Nampula continua além do desejado.

Aliás os serviços urbanos do município de Nampula procedem apenas a remoção e recolha de lixo na zona de cimento. Os munícipes residentes nos diferentes bairros da cidade deitam o lixo em aterros por si abertos, muitas das vezes nos seus respectivos quintais.

O agravamento dói porque uns pagam sem beneficiarem dos serviços da autarquia, dizem os municípes à VOA.

O conselho Municipal da Cidade de Nampula reitera a sua posição. Abdul Paulo, Chefe das Relações Publicas Imagem e Comunicação diz que se até hoje os serviços de remoção e recolha de lixo não abrangem aos bairros é devido a falta de colaboração dos munícipes.

Entretanto, alguns partidos políticos já vieram ao público, encorajar aos munícipes no sentido de não desanimar e continuarem a cumprir com o estabelecido no Código de Postura Municipal. Mas apesar disso, as reclamações populares continuam diariamente.

XS
SM
MD
LG