Links de Acesso

Namibe: eleitores em reflexão dizem que vão votar em consciência


Os eleitores na província do Namibe retemperam energias para enfrentar longas filas, amanhã, sexta-feira, nas urnas, visando pintar o dedo e eleger os seus representantes.

Quinta-feira, dia que antecede o acto de votação, está a ser encarado com muita responsabilidade por parte dos namibenses, que com disciplina e civismo acompanharam o protagonismo dos actores políticos concorrentes, durante a campanha eleitoral que terminou quarta-feira.

Os jovens que votam pela primeira vez são os que se ressaltam nesta reflexão, exortando aos seus confrades a votar na paz, mas acima de tudo em consciência.

No penúltimo dia da campanha eleitoral, o líder do partido do galo negro, Isaías Samakuva esteve no Namibe e antes do contacto com o eleitorado, foi ao bispado pedir bênção ao Bispo católico da diocese do Namibe, Dom Dionísio Hisilenapo.
Exortou o fim do pecado social e disse que em Angola há angolanos que auferem um salário de 100 mil dólares americanos, quando a maioria do seu povo relegado a indigência.

Ontem, na passeata do fecho da campanha eleitoral, o MPLA, partido no poder, surpreendeu tudo e todos ao mobilizar mais de quinhentos moto-taxistas, vulgo “kupapatas”, e mais de 300 taxistas, em mais de mil veículos, que desfilaram pelas artérias da cidade.

Cândida Celeste da Silva, aparentemente satisfeita com a moldura humana já mais vista, fez algumas perguntas aos presentes.

Vimos bandeiras da UNITA e do MPLA içadas nos mesmos mastros permanecendo desde o dia 31 de Julho até ontem, data em que terminou a campanha eleitoral, sem sobressaltos.

Aguarda-se no entanto pelo balanço policial, sobre a situação litigiosa durante o ultimo mês, mas a Voz da América soube que Namibe poderá liderar o topo das províncias angolanas menos conflituosas durante a campanha eleitoral.

Mostrar Comentários

XS
SM
MD
LG