Links de Acesso

Namibe: Gado morre na procura de água e pasto

  • Armando Chicoca

A grande caminhada à procura de àgua

A grande caminhada à procura de àgua

Tensão na Bibala entre criadores locais e forasteiros

Cabeças de gado estão a morrer no Namibe devido á seca.




Centenas de manadas de gado bovino provenientes do Município mais ao sul da província, Virei encontram-se na região do Caitou, Município da Bibala, em trânsito para o norte do Município do Camucuio, na zona limítrofe com os Municípios de Quilengues, província da Huila e Município do Chongoroi, província de Benguela.

Ao longo de sete dias, a voz de América no Namibe acompanhou os passos da transumância nesta parcela do território nacional, desde as áreas do município do Virei ao Município da Bibala.

Pelo caminho várias cabeças de gado bovino morreram por falta de água e pasto. Os criadores acompanhados pelos filhos, na sua língua nacional Mucubal falaram das dificuldades porque estão a passar.

Um deles, Mbanguendala disse ter perdido dez cabeças de gado. A localidade de Caitou onde se encontra neste momento é apenas um local para retemperar as energias visando a segunda etapa da sua marcha para a fronteira com Benguela.

De Vityaviva falamos com o criador de gado que diz chamar-se Sikissa, este homem é nheca e falando na sua língua nacional Mumuila diz ter perdido durante a caminhada 30 cabeças de gado.

“Não foi possível revender a respectiva carne visto que os bois emagreceram muito,” disse e lamentou o facto de até hoje o governo não ter respondido o clamor dos criadores de gado no que diz respeito a falta de água que passa pela reabilitação dos antigos fontenários deixados pelo colono.


Mbaholamatyi, veio da localidade Tyifitika, a sul do Município do Virei, percorreu cerca de 400 quilómetros a pé, e no terreno, durante a caminhada até a Comuna do Caitou morreram 40 bois.

Em função do fluxo de manadas de gado oriundo do Município do Virei em transito para o norte da Provincia, na localidade da garganta, município da Bibala ouve tensão entre criadores forasteiros e locais.

A intervenção das autoridades comunitária evitou que o pior acontecesse, encontrando-se neste momento os criadores locais e forasteiros a comungar o mesmo sofrimento, a procura de água e pasto para o gado.
XS
SM
MD
LG