Links de Acesso

Namibe: Dirigente da CASA CE diz que é alvo de perseguição

  • Armando Chicoca

 Daniel Joaquim Matias Secretario Provincial da CASA no Namibe

Daniel Joaquim Matias Secretario Provincial da CASA no Namibe

Autoridades querem transferi-lo para escola a mais de 200 Quilómetros de distância

O Secretário Provincial da CASA CE no Namibe, Daniel Joaquim Matias, diz que está a ser vítima de uma perseguição política por parte das autoridades provinciais.




Matias afirma que o governo local mandou encerrar a sua companhia Cyber/Cónica, com um investimento orçado em mais de 90 mil dólares americanos,, suspendeu-o do seu posto de professor e quer transferi-lo para uma escola a mais de 200 quilómetros de distância da actual.

Matias disse que a “Cyber/Konica” com equipamento electrónico da ultima geração, onde investiu milhares de dólares, se destinava a apoiar os alunos nos trabalhos académicos.

A “Cyber/Konica2, disse, “foi encerrado abusivamente já há um ano com pretexto de ter sido palco de movimentos e carácter político conforme o ofício nº 171 da Direcção da Escola do II Ciclo do Ensino secundário Welwitschia Mirabilis assinado pelo seu então director Mário Abel Maquina” .

“Como se não bastasse agora estou suspenso da minha actividade docente no ensino médio desde o início do ano lectivo, sem culpa formada o que constitui um atentado contra a unidade nacional,” disse

“Entrar num partido político é direito de todo cidadão, é um exercício da cidadania, tal como se confere no artigo 17º da constituição da república, portanto, os dirigentes políticos da oposição não deviam ser vistos como inimigos, mas sim adversários ou parceiros políticos, “ acrescentou.

Daniel Matias diz que com estas decisões as autoridades pretendem destruir o seu projecto virado para as autarquias e consequentemente vitória nas eleições de 2017.

“O mais incrível é que agora sou, transferido sem aviso prévio para a Comuna da Lucira que dista a mais de 220 km da sede do Município sob ameaças e de expulsão no caso de não aceitar,” acrescentou.


“Sem margem de dúvidas estamos perante uma maquinação de perseguição que visando a minha humilhação e invalidar o projecto da CASA-CE no Namibe,” disse o secretário provincial da CASA CE que lamentou por outro lado o facto de as estruturas centrais da CASA “terem o domínio do caso e até hoje nada terem feito para se contornar a situação”.
XS
SM
MD
LG